Um pouco da minha razão, um pouco do meu coração e um pouco da minha alma. (E agora um pouco da minha crise de vestibulanda, rsrs.)

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Ansiedade

Estou tão anciosa pra 2011.
Esse ano será intenso para mim.
Esses resultados de vestibulares que demoram tanto!! Eita coisa que me irrita!!
Só quase em fevereiro é que vou saber de fato onde vou estudar, e o que, já que espero resultados para o curso de Eventos e Turismo.
Balanço a perna, bato o pé no chão.
Ansiedade.
Ixi, ainda tem o casamento, tanta coisa pra pensar, tantos detalhes, cotações, R$....R$R$R$R$R$R$
Puxa! Será que eu caso ou compro uma bicicleta?
Ó dúvida cruel!

Feliz 2011

E mais um ano está se findando...
Que ano mais lindo esse de 2010 foi pra mim, depois de tantas lutas, tantas provas ele se finda com muita paz, muita alegria e muita glória.
Como é bom olhar para trás e ver o quanto nos esforçamos para alcançar um objetivo e ter a certeza de que valeu a pena.
Como é gostoso sentir a misericórdia de Deus para  conosco nos derramando bênçãos.
Só tenho a agradecer:
Pelos amigos, sempre companheiros.
Pelo Anarquia Teatral, fazendo a diferença aos domingos, sempre com alegria, trabalho, esperança e objetivos ALCANÇADOS.
Pela família que aos trancos e barrancos me ensina as lições da vida.
Pelo meu amor, companheiro, amigo, pai, irmão, namorado, noivo, FUTURO MARIDO, família, ALICERCE.
Pela família do meu amor, que me educa, ajuda, faz companhia, dá conselhos.
Aos blogueiros, irmãos na fé, que me ensinam, edificam, entreteem.
E a DEUS, primeiramente a Deus, meu bom Deus, glorioso Deus. Que me permitiu conhecer todas as pessoas, que guia meu caminho, que não me deixa cair, que sempre ergue a minha cabeça, que me dá entendimento, que supre as minhas necessidades, que prepara caminhos de flores para mim.
Que me deu a vida, que é meu ser, meu viver, meu estar.
A Ti Senhor seja toda honra e glória sempre!
Que esse ano de 2011 seja igual ao que se finda.

Desejo a todos um FELIZ 2011, de paz, saúde e alegria e que as bênçãos de Deus caia sobre todos vós! Amém!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

In This Time

I say in this time
ther's no time to fuss and fight
the road is load and then we'he gonna ride

I say in this time
jah jah kindom's alread came
so there's no time to wast on foolishness

I say in this time
behold for the sings of the revaletion
jah jah youth's gonna see jah jah light

well it's the conquering
lion of the tribe of judah
the voice like a thunder i heard saying unity

this is what is written in the prophecy
life for me is the most important thing
read in the book of life for you to see

the secrets of wisdom
made for you,made for me

well,i say you should know and not belive
to correct youself when you're wrong
i say stop with this fantasy
stop with this fantasy

and look at the secrets of wisdom
made for you,made for me

In This Time (Tradução)

Eu digo nesse tempo
não há tempo para alvoroço e briga
Porque a estrada é longa e por ela vamos andar

Eu digo nesse tempo
O reino de DEUS ja chegou
Não há tempo para se perder com besteiras

Eu digo nesse tempo
Atenção para os sinais do apocalipse
A juventude de Deus deve ver sua luz

Porque o Leão Conquistador da Tribo de Judah
Ouça quando eu digo
É a voz como um trovão
Que eu ouvi dizendo "Unidade"

Isto é o que está escrito na profecia
A vida para mim é a coisa mais importante que há
Leia no livro da vida para que você veja
Os segredos da sabedoria
Feitos para você,feitos pra mim

Então eu digo você deve SABER
E não somente acreditar
Para corrigir a si próprio quando estiver errado
Então pare de viver em fantasias
E olhe para os segredos da sabedoria
Feitos para você,feitos pra mim


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

MAV

Um sucesso a 1ª Mostra de Arte e Cultura de Vinhedo promovida pelo MAV – Movimento ArtísticoCultural de Vinhedo - e o Grupo Anarquia Teatral realizada domingo, dia 12 de dezembro de 2010, das 18 às 22h, no espaço da antiga estação de Trem da cidade.



Ocupada há algum tempo pelo grupo Anarquia Teatral, apesar de muito depredado, contou com o esforço e a solidariedade de artistas de Vinhedo e de outras cidades como Louveira e Campinas, que desde cedo trabalharam duro para dotar o espaço de um mínimo de condições para receber os artistas e o público. Para tanto foi montada, a partir do meio dia, uma verdadeira operação de guerra para limpar e iluminar a velha estação e um dos seus vagões.

Nenhum tipo de ajuda do poder público. Apesar de ter sido solicitada a limpeza e a segurança para o local. A exceção, mais uma vez, ficou por parte da vereadora Marta Leão, a única, entre todos os edis, a responder aos seguidos convites para o fórum, “Rumos e Debates”, promovido pelo Anarquia Teatral, que vem sendo realizado todas as segundas feiras, no horário das 19h30, na própria estação.

A programação da mostra foi aberta com um recital de poemas que contou com os poetas Geraldo Maia e Gustavo de Carvalho, integrantes do projeto Os Poetizadores, de Campinas, a poetiza e escritora, Cacilda Ribeiro, que relançou o seu livro “Nos braços do feitiço do Tempo”, e dos integrante da banda Paramnése.

A seguir foi a vez do grupo “Viver e Conhecer”, de Louveira, a leitura dramática de “Medéia”, de Eurípedes, com Cícero e Dóxia, o “Leia e Leve”, ação de incentivo à leitura e doação de livros com o pessoal de Os Poetizadores, “Operação Marguerita”, com o grupo Anarquia Teatral, e apresentação final da banda Paramnése.

A Mostra contou também com uma exposição da artista-plástica, Maria Leipold, varal literário com Literatura de Cordel,Fanzines de “Os Meninos Românticos”, da Casa Guadalupana, de Campinas, e uma exposição com livros de Geraldo Maia, Benevides Júnior, ambos de Vinhedo, e Alexandre Cartianu, este também de Campinas.

O objetivo da mostra foi chamar atenção para o fato de que a prefeitura de Vinhedo, destarte investir milhões em infra-estrutura com a construção de dois Centros Culturais, um já pronto no bairro da Capela, e outro por terminar no João XXIII, por dar continuidade ao projeto de Oficinas Culturais, que realmente atende a milhares de jovens e adultos ávidos para fazer arte e cultura, e por trazer várias peças com atores globais, pouco ou nada tem investido em políticas públicas para financiamento da produção dos artistas do município que migram para outras cidades em busca de sobrevivência.

Cabe então a pergunta: para que investir em oficinas culturais, onde serão formados novos atores, músicos, artistas-plásticos, capoeiristas, cantores, se os mesmos não contam com editais, nem com leis de incentivo, nem com o fundo municipal de fomento à cultura que financiem os seus talentos e criatividade? Para que investir na formação de grupos teatrais nas escolas se terão vida efêmera por não existir nenhum tipo de apoio financeiro para que montem e circulem com as suas produções?

Será que a população de Vinhedo não gosta de ler? Ou não sabe escrever? Porque apesar do grande número de oficinas oferecidas nada existe em termos de literatura, poesia, criação de textos, leitura e confecção de livros.

Temos uma única biblioteca, sem atualização do acervo, sem atividades de formação de leitores, oficinas literárias, contações de histórias, nada, mais um mero depósito de livros. O bairro da Capela, dotado de pequeno Centro Cultural, não dispõe ainda de biblioteca. Será que continua por aqui a velha prática de quanto mais ignorante povo melhor para ser manipulado eternamente? Não creio, afinal uma cidade rica como Vinhedo deve possuir, em tese, um população culta e bem letrada, amante dos livros, da leitura, da literatura, das artes em geral. Mas a realidade não confirma muito essa tese.

A prefeitura gasta muito dinheiro com a sua programação cultural, mas esquece dos que trabalham e vivem de arte e cultura. Até então nada para eles. Eventos pirotécnicos, atores globais caríssimos, e oficinais culturas sem literatura, aí está no que consiste a programação da Secretaria de Cultura de Vinhedo. O MAV quer mudar essa realidade.

E para isso basta que a prefeitura inclua não só os projetos oficiais, mas, principalmente, as centenas de projetos engavetados dos artistas de Vinhedo no seu orçamento para a Cultura, um dos maiores do país, mais de 3%, sendo que para 2011 está prevista a bagatela de mais de oito milhões de reais.

Com esse dinheiro apoiando e financiando a produção dos artistas locais, Vinhedo, com certeza seria a Cidade da Culturano estado de São Paulo, com uma visibilidade nacional e internacional, o que acarretaria em mais investimentos, mais empregos, mais trabalho, mais educação, mais saúde, mais bem estar, mais talento e criatividade, porque se se tomar como exemplo o que se viu na 1ª Mostra de Arte e Cultura de Vinhedo, essas perspectivas são quase ilimitadas.

Geraldo Maia
Poeta

Membro do MAV e de Os Poetizadores

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Estudos Bíblicos

O que faz da Bíblia um livro singular é exatamente o poder que ela tem de mudar vidas
Num dia de chuva, um descrente na Bíblia caminhava junto com um amigo cristão, e o criticava, pois dizia conhecer muitas pessoas hipócritas que se denominavam cristãs. “A Bíblia não tem lá muito efeito sobre a vida dos seus companheiros cristãos”, era a tese dele. O cristão nada disse até que ambos passaram por um lugar onde havia duas meninas brincando na Lama.
- Como estão sujas e enlameadas estas duas meninas – comentou o cristão.
– É verdade – respondeu o amigo que era fabricante de sabão. – Elas realmente estão muito sujas e bem enlameadas.
– Pelo que vejo – replicou o cristão, – o sabão que você fabrica não é lá muito bom porque não teve qualquer efeito sobre elas, não é?
- Você não pode dizer isso! – Respondeu o industrial, zangado. – Você sabe muito bem que sabão algum tem qualquer efeito sobre os que não o usam!
- É exatamente isso o que acontece com a Bíblia – afirmou logo o cristão, satisfeito pelo resultado do que dissera. – Ela não faz bem algum a qualquer pessoa, a menos que seja estudada e colocada em prática.
Os dias atuais se caracterizam pelo relativismo e pela falta de verdade. Cada pessoa quer escolher em que ela quer acreditar. A Bíblia Sagrada até é aceita como a Palavra de Deus por grande número de pessoas em todo o mundo. O problema reside no quanto dela é praticado e aceito como verdade. “Eu até reconheço a importância da Bíblia, mas quem me garante que seu texto não foi alterado ao longo dos séculos?”, é a pergunta que muitos fazem.
Muitas descobertas recentes têm reafirmado a inspiração divina da Bíblia e sua autenticidade. Poderíamos nos estender aqui sobre as descobertas de ruínas antigas, confirmando vários relatos bíblicos. E o que dizer dos Manuscritos do Mar Morto, descobertos no final da década de 1940? Textos bíblicos de até dois séculos antes de Cristo, que concordam com as versões mais recentes! Ainda assim, se falássemos apenas em achados históricos, deixaríamos de lado aquela que, sem dúvida, é a maior evidência de serem as Escrituras realmente a Palavra de Deus.
O jovem Alexandre Migliorini é um bom exemplo dessa evidência incontestável. Na adolescência envolveu-se com más companhias e começou a fumar e a beber. Aos 17 anos entrou em depressão profunda e acabou no mundo do roubo e das drogas. Depois de uma tentativa de suicídio frustrada, envolveu-se com traficantes e foi ameaçado de morte. Fugiu para Araçoiaba, interior de São Paulo. E foi lá que sua vida começou a tomar novo rumo.
Conheceu uma moça cristã e, graças à influência dela, passou a ler a Bíblia. “Certo dia, resolvi entregar o coração totalmente a Cristo, confiando na promessa bíblica de que todos os que vão a Jesus jamais se decepcionam”, diz ele, que hoje é um jovem ativo em sua igreja e desenvolve trabalho com toxicômanos e alcoólicos.
A Palavra de Deus é um livro singular. Seu poder reside no fato de que “jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo” (2ª Pedro 1:21). Não existe outro livro que tenha o poder de transformar radicalmente uma vida, um caráter. Porque a Bíblia fala de Cristo (cf. João 5:39), aqueles que a lêem e estudam, com espírito de oração, acabam desejando ser mais semelhantes a Ele – e é aí que ocorre o milagre.
Como entendê-la
Algumas pessoas dizem já ter tentado estudar a Bíblia, mas por não entender certos textos acabam desistindo. Não se daria isso pela utilização de uma metodologia inadequada? A própria Bíblia ensina como estudá-la. Note: “A quem, pois, se ensinaria o conhecimento? … Porque é preceito sobre preceito, preceito e mais preceito; regra sobre regra, regra e mais regra; um pouco aqui, um pouco ali” (Isaías 28:9 e 10). Um pouco aqui, um pouco ali. Eis o segredo.
A Bíblia deve ser pesquisada, pois há diversos assuntos e temas à espera do pesquisador sincero. Além disso, aqueles que se dedicam a essa tarefa contam com um auxílio indispensável, prometido por Cristo: “Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em Meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito” (João 14:26). Basta pedir a Deus que desvende os nossos olhos, para que contemplemos as maravilhas da Sua lei (cf. Sal. 119:18).
Como na história do cristão e do fabricante de sabão, a Bíblia só tem poder transformador na vida daqueles que a utilizam. “Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo” (Apoc. 1:3). “Ele, porém, respondeu: Antes, bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!” (Luc. 11:28). Experimente você também, e descobrirá que a Bíblia merece confiança e contém um poder além da imaginação humana. E esse poder está á sua disposição!
A Bíblia merece confiança?
1.Como a Bíblia foi dada à humanidade?
“Porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo” (2a Ped. 1:21).
2. Que disse Jesus sobre as Escrituras?
“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de Mim” (João 5:39).
3. Como estudar a Bíblia?
“A quem, pois, se ensinaria o conhecimento? E a quem se daria a entender o que se ouviu? Acaso, aos desmamados e aos que foram afastados dos seios maternos? Porque é preceito sobre preceito, preceito e mais preceito; regra sobre regra, regra e mais regra; um pouco aqui, um pouco ali” (Isa. 28:9 e 10).
4. Quem nos ajuda a compreender a Bíblia?“Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em Meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito” (João 14:26).
5. O que podemos pedir a Deus para compreender melhor a Bíblia?“Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da Tua lei” (Sal. 119:18).
6. Como Deus considera aqueles que no passado não tiveram oportunidade de conhecer a mensagem da Bíblia?
“Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam” (Atos 17:30).
7. Que promessa Deus faz a nós? Como seremos “felizes”?
“Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo” (Apoc. 1:3).
“Ele, porém, respondeu: Antes, bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!” (Luc. 11:28)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tenho vergonha de mim

"Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo
que não reconheço,
enveredando por caminhos
que não quero percorrer...

Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra,
das minhas desilusões
e do meu cansaço.
Não tenho para onde ir
pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir meu Hino
e jamais usei a minha Bandeira
para enxugar o meu suor
ou enrolar meu corpo
na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

Ao lado da vergonha de mim,
tenho tanta pena de ti, povo brasileiro!


De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes
nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
a rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto!"
(Cleide Canton e Ruy Barbosa)

sábado, 20 de novembro de 2010

A CELEBRAÇÃO DA VINGANÇA

Pra Vilma Reis


Morre negro, morre branco
Mas só negro sofre o tranco
De morrer pela polícia
Branco ladrão tem malícia
Gravata e talão de cheque
Negro é sempre moleque

A polícia corre atrás
De bandido e manda bala
Mas na ponta de sua fala
Só o negro é inimigo
Assim também é demais
O negro corre perigo

De morrer por qualquer ato
E o que digo é fato
Estampado nos jornais
Os brancos são maiorais
Mesmo quando criminosos
Cruéis, perversos, dolosos

O branco nunca que cai
Alvejado pelos “home”
Da lei que nunca que vai
Atirar em quem tem nome
Só o negro, pobre ou rico
É o alvo preferido

Do racismo incrustado
Na estrutura do país
Isso pouco que se diz
É tão pouco revelado
É preciso que se diga
Polícia vê inimiga

Toda população negra
Por isso nunca que chega
A matança escancarada
Enquanto a minoria rica
E branca vive blindada
E como que se explica

Só matar o jovem negro
Digam qual é o segredo
Do boy rico ser poupado
Em confronto com a lei
O pobre negro tombado
Branco vive como rei

Mas toda essa violência
Tem uma justificativa
Um álibi de matar
O “auto de resistência”
Que o golpe militar
Usava de forma ativa

Para matar adoidado
Com ela qualquer soldado
Podia matar livremente
Na maior impunidade
Bastava sentir vontade
E essa coisa indecente

Ainda hoje que rola
O racismo faz escola
Até mesmo no PRONASCI
Falam “mancha criminal”
Pedem que você abrace
Essa coisa infernal

Que é “mulheres da paz”
No fundo a pessoa faz
É delatar criminoso
Tornando mais perigoso
Viver na comunidade
A paz não é caridade

É trazer educação
Trabalho com dignidade
Saúde, capacitação
Para a população negra
Alcançar sua liberdade
Pois ainda vive presa

Pelo racismo assassino
De menina e de menino
Negro e também mestiço
Só branco é fora disso
Ele vive no conforto
Enquanto o negro é morto

Em vários tipos de morte
Provocadas por racismo
No trabalho, na escola
Nas relações pessoais
Negro só pra jogar bola
Divertir os maiorais

Só assim o negro serve
Enquanto o sangue não ferve
E arrebenta as algemas
Muda de vez essas cenas
Não mais “presunto” criança
Mas celebrar a vingança


Geraldo Maia


quinta-feira, 18 de novembro de 2010

GERAÇÃO DE MARÇO

"Somos culpados em máxima culpa








porque maximizamos as desculpas






e minimizamos fazer!"


Geraldo Maia

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Tiriricas com o Enem

A eleição de Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, é creditada ao voto de protesto contra “tudo que está aí”. O palhaço, candidato a deputado federal mais votado do país, com 1,350 milhão de votos válidos, amealhou eleitores principalmente entre os mais jovens, sob efeito da percepção generalizada de que nada no pais funciona como deveria. Na última semana, o MEC (Ministério da Educação) deu uma forcinha a essa crença.
Centenas de estudantes foram às ruas de diversas capitais para extravasar revolta contra os sucessivos erros na aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Reunidos a partir de comunidades na internet, os protestos aglutinaram jovens de diferentes matizes; uns a favor de melhorias no Enem e de mais investimentos em educação; outros contra a realização do exame. Em comum, a ira contra o MEC e  narizes de palhaço — símbolo hoje onipresente em manifestações de qualquer classe ou ordem, de policiais a reivindicar maiores salários a jornalistas cobrando bons modos de técnico de futebol. O nariz de palhaço parece simbolizar uma exigência de respeito ao portador, uma relação de difícil compreensão que merece análise mais cuidadosa.
Voltando. A aplicação do Enem 2010 foi marcada por erros inaceitáveis, sobretudo após o histórico de problemas da edição anterior. Cartões-resposta trocados, questões repetidas ou ausentes e brechas de segurança que permitiram a alunos acesso a celular e dali ao indefectível Twitter. A bem da verdade, o número de prejudicados imediatos foi menor que o inicialmente noticiado: algo menos de 2 mil receberam a fatídica prova amarela com erros, num universo de 4,6 milhões de inscritos. Mas as falhas abalaram a credibilidade do exame, e o imbróglio judicial em que se transformou o Enem deste ano traz decepção e insegurança a todos participantes.
Considerados os erros e acertos do novo Enem, no entanto, o saldo é positivo. A confusão na aplicação das provas nada tem a ver com a metodologia, defendida por especialistas e reconhecida pela ONU. Educadores e representantes de escolas e universidades, como o reitor da UFRJ, consideram o Enem um êxito na democratização do acesso à educação superior. Das 84 universidades e instituições federais que usam a nota do Enem, 36 valem-se exclusivamente do exame para selecionar calouros para 2011. Não é pouca coisa. E a intenção é, no futuro, promover o ingresso a instituições de ensino superior apenas pelo Enem. Além disso, um dos objetivos mais elogiados por gente entendida é a tentativa de induzir o currículo das escolas a seguir o padrão do exame, que privilegia o raciocínio em detrimento da decoreba.
Acabar com o Enem, como defendem uns poucos alunos, é ideia fora do lugar. Afinal, quais os beneficiados além da indústria do vestibular e dos cursinhos? Mas têm razão os que clamam por mudanças no exame. A sequência de erros ameaça sim fazer do Enem 2010 uma verdadeira palhaçada; o momento é oportuno e urgente para aperfeiçoamento. O “gigantismo” do Enem  é apontado como origem dos problemas, enquanto a regionalização e a aplicação de várias edições da prova ao ano são vistos como caminho para melhora. Talvez. Mas cabe aos principais interessados, os estudantes, entrar nessa discussão.
Os revoltados com as falhas no Enem poderão reclamar com o próprio ministro Fernando Haddad (Educação). Em uma das raras ocasiões em que o Legislativo cumpre, ao menos formalmente, com a missão fundamental de representar os interesses dos cidadãos e fiscalizar o Executivo, a futura casa de Tiririca inaugura, justamente em audiência realizada com Haddad nesta quarta-feira (17), um projeto piloto que envia perguntas da população para os convidados de debates públicos promovidos pelas comissões da Câmara. É um passo.
Por enquanto, duas comissões aderiram ao projeto preliminar: a Comissão de Direitos Humanos e Minorias e a Comissão de Educação e Cultura, que receberá o ministro da Educação. As audiências selecionadas serão transmitidas ao vivo na internet, e os emails podem ser enviados a partir desta terça (16), para pergunte@camara.gov.br. Os emails para Haddad deverão ser enviados com o campo assunto CEC.
A iniciativa é louvável, mas há um porém: as perguntas passarão pelos deputados que integram a comissão, pois, de acordo com o Regimento Interno da Câmara, apenas os parlamentares têm direito ao uso da palavra em audiências públicas. Tudo bem, faz parte do exercício da cidadania representativa. E quem elegeu Tiririca e tantos outros palhaços talvez não veja problema nisso

Por Michel Blanco

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

PORNOGRAFIA O ESTUPRO DA MENTE

(Por Cristão CCB - adaptado por Palavras de Naylla)

O dicionário Aurélio define pornografia como sendo: “Tudo o que se relaciona à devassidão sexual” ou “Caráter imoral de publicações”, outras definições também usadas são: obscenidade, licenciosidade, e indecência.

Ou seja, pornografia é tudo aquilo que por meio de imagens ou linguagens expressam sexualidade e faz a alegria dos pornófilos despertando neles desejos sexuais.

Pornófilo é uma palavra bonitinha que as pessoas usam para se referir ao homem ou mulher que gosta de revista/filme/site de sacanagem, o termo deriva da junção de duas palavras gregas, vejamos:

Pornófilo: porné (prostituta) + filia (afeição, afinidade), por isso, vou dizer que pornófilo é a pessoa que “curte” a pornografia.

O próprio nome, pornografia, já diz tudo, não é mesmo?

Um dos problemas da pornografia é que ela vicia, e o vicio é uma imperfeição, se fumar e beber faz mal para a saúde e o corpo, a pornografia faz mal para o espírito.
Porém,  todos os meses milhões de revistas e milhares de vídeos pornográficos são  colocados no mercado, e tudo isso só é possível graças ao grande publico, e com certeza boa parte dos consumidores são cristãos, dos mais conservadores até os mais liberais. Prova de que a clientela é grande é que ainda hoje uma boa parte do espaço físico das locadoras de vídeo é destinado ao publico maior de 18 anos e a indústria pornográfica movimenta um mercado bilionário.

Quanto mais a tecnologia avança, maior a facilidade de ter acesso aos materiais pornográficos, antigamente existiam apenas revistas e fitas de vídeo, raramente as novelas mostravam cenas de sexo, nos filmes só se via cenas mais picantes depois de certo horário. Hoje em dia, o CD que substituiu a fita de vídeo já foi desbancado pelos arquivos eletrônicos que circulam na rapidamente na grande rede através de email, as emissoras de TV já não se preocupam tanto com cenas de nudez nas novelas e filmes, além de que, tem a internet, que faz a inclusão digital e também faz a inclusão pornográfica. Querendo ou não, direta ou indiretamente, todos são bombardeados com conteúdo pornoerótico praticamente o tempo todo.

Como vimos acima, a pornografia já tem um nome que a desabona, pois, deriva de prostituição e seu conteúdo é a devassidão sexual, lembrando que é a própria Bíblia quem condena a devassidão, vejamos: “Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus.” 1° Coríntios 6:10

Ser usuário de material pornográfico faz com que muitos cometam adultério, uma vez que, o adultério não depende do ato sexual, vejamos: “Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela” Mateus 5:28.

Sem contar que existem conteúdos pornográficos que envolvem crianças, para mim aqueles que consomem esse tipo de material são tão criminosos quanto os pedófilos que produzem o material, os consumidores também são responsáveis pela violência que diariamente ceifa a vida de inocentes e seduzem as crianças e jovens para o tráfico, digo isso porque a industria pornográfica patrocina o crime organizado, e quem patrocina a indústria pornográfica são seus consumidores.

Assim como o álcool e outros tipos de drogas, existem estudos que relacionam a pornografia com a violência, principalmente sexual, tal como o estupro, se vício é definido como “tendência para o mau”, e tanto o álcool/drogas quanto a pornografia estimulam a violência, podemos dizer também que a pornografia também é um agente da violência, porque a tendência deixa de ser apenas uma tendência para se tonar um ato criminoso.

Digamos que um cristão seja pornófilo e viciado, ou seja, que tenha afinidade por materiais que contenham apelo sexual e não tenha controle sobre isso, sendo o vicio uma tendência para o mau, poderá ele partir para o adultério/fornicação de fato? Penso que sim, afinal, ele não tem controle do seu vicio e tem prazer na pornografia, que é uma das várias formas que tem a prostituição, logo estará adulterando ou fornicando. Acho que aqui cabe este versículo: “Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem.” Marcos 7:21-23.

Adão e Eva passaram a cobrir seus órgãos genitais após comerem do fruto da árvore proibida, desde então, exceto para tribos indígenas isoladas, a nudez publica passou a ser motivo de vergonha,  e isso foi incorporado como valor moral das sociedades.

A indústria pornográfica não está nem aí para a moral e a Palavra de Deus,  não só explora a nudez e o sexo, como corrompe as pessoas estuprando suas mentes, violentando a sua fé e atentando contra os valores sagrados da família.

Não que isso justifique, mas no caso dos jovens solteiros, eu até entendo que vez ou outra recorram à pornografia, afinal, muitos enxergam nela uma forma de aliviar as “tensões” sem partir de fato para o ato da fornicação, como disse certa vez um irmão (acho que o Daniel) num debate sobre masturbação: “ninguém se masturba pensando em alface ou imposto de renda”, já no caso dos casados fica difícil entender, pois, aqueles que apreciam a pornografia, em seguida, muitas vezes, obtêm prazer se masturbando, e a masturbação é um ato solitário, seria muito mais interessante e prazeroso estar amando a esposa do que vendo sacanagem na internet.

Por favor, não encare esse texto como uma lição moral, nem como matéria definitiva de fé, como sempre digo: tenho mais a aprender do que ensinar, e sei que fraquezas todos temos, inclusive, eu tenho as minhas. E outra, ninguém pode julgar ninguém, isso cabe somente àquele que é santo e subiu aos céus e que um dia retornará para o juízo final.

 “Portanto, se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida manco ou aleijado do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno” Mateus 18:8 

terça-feira, 9 de novembro de 2010

DEUSPENDÊNCIA

Estou completamente na dependência de Deus
Em atitude de total Deuspendência
Preciso de Deus vinte e quatro horas por segundo
Porque É o meu pastor e o meu Guia eterno
È o meu provedor, meu defensor, meu grande amor
Do qual dependo das minimas às grandiosas coisas
Para o sol abrir a manhã depende do fogo de Deus
Para a lua clarear o manto imenso da noite
Depende de um açoite de Deus na escuridão
O respirar da flor o sopro do inverno no ar
O vigor do verão que o outono arrefece
Só entram em ação porque Deus acontece
Depende de Deus cada gesto de vida
A simples formiga e a galáxia imensa
Estão de Deus em total dependência
Comprar uma casa ou passar de ano
Mudar de emprego ou ganhar um filho
Curar doenças aprender uma palavra
Depende de Deus e de Sua vontade
Estou em estrita dependência de Deus
Dele depende minhas pendências diárias
Se pendo para Deus ou para o mundo
Ou se decido me inclinar ao inimigo
Tudo depende se Nele me fortaleço
Se peço Sua força e Sua proteção
Se coloco minha vida à Sua disposição
Ou resolvo seguir minha própria vontade
Aos apelos da carne e do que for imundo
E nego receber todo o Seu amor
Que quer me salvar e transformar
Em santo esse pecador que sou eu
Que para ser salvo depende da Cruz
Depende do sacrifício de Jesus
Para que o amor de Deus nos devolva
A vida eterna de novo e sem pecado
Sou dependente de Deus ficar ao meu lado
Dependo inteiramente do Seu Amor e Luz
De fazer só o que é do Seu agrado
De obedecer inteiramente ao que me diz Jesus
Eu dependo tanto da Glória de Deus e da proteção
De Seu manto de amor dependo de Sua Unção
Do Shekkinah de Deus e de Seu Espírito Santo
Pendo inteiramente para o lado de Deus
E me penduro a Seus pés para beijá-Los
Lavá-Los com a carícia do meu pranto
Porque Ele é o meu Senhor adorado
Do qual dependo para todo o sempre
Pois só Ele pode me salvar da morte
Do pecado e me tornar outra vez bem aventurado
Só Ele pode me perdoar e me colocar ao Seu lado
Junto do Pai Todo Poderoso e do Espírito Santo
E de todos os santos por Ele redimidos
Eu dependo de Deus em todos os meus passos
Cada pensamento meu e cada respiração
Cada pulsar de vida em meu coração
Depende da presença de Deus Vivo
O Deus que me ampara quando estou perdido
O Deus que me consola quando estou ferido
E que me ergue quando estou caído
O Deus que me perdoa quando estou errado
Que me aconselha na escolha do melhor lado
O Deus que me acarinha quando tudo é dor
E que me faz sorrir com Sua benção de amor
Com seu milagre diário que me abençoa
Eu pobre pecador que nada mereço
Surpreso recebo as maravilhas de um novo dia
Porque de Deus depende a minha alegria
Pois só Ele me ama e me conhece todo
Só Ele me é fiel e está sempre presente
Só Ele sabe quem sou e para o que sirvo
Só Ele é o meu único e verdadeiro amigo
Desde o princípio de tudo ao fim dos tempos
Dependo de Deus a cada momento
Meu Deus Vivo Único Eterno e Verdadeiro
A quem amo de paixão e a quem adoro
Abençoa este vosso filho ímpio cheio de erros
Praticante do mal e fomentador da discórdia
Que viveu na iniqüidade e na imundície
Este humilde pecador que todo dia depende
do Vosso perdão e da Vossa misericórdia
Do Vosso poder infinito e da vossa Glória
Porque És o meu Deus tremendo
Porque És tão lindo, És o meu amor demais
Porque És minha Luz, minha Salvação
meu Destino, minha Paz

Geraldo Maia Santos
(companheiro artístico e irmão em Cristo)





quinta-feira, 29 de julho de 2010

Entenda

E falei desligada
E sorri solitária
E não entendi nada
E falei desabrochada
E ouvi espantada
E sorri acanhada
E não entendi nada

E senti palavras
Me diziam ter que mudar
E não entendi nada
E escutei palavras
Me diziam estar errada
E não entendi nada

E escutei...
Eu não sou autoritária!
E chorei, chorei, chorei
E não entendi nada

E senti...
E queria apenas ser amada
E chorei, chorei, chorei.


                   Naylla Garcia

sexta-feira, 11 de junho de 2010

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Estreito

O caminho que escolhi é o estreito
Até parece duro e espinhoso
Mas é reto e perfeito
A verdade cai na terra como uma bomba
A mágoa leva a coincidência feito uma tromba d'água
O fim da inocência perdida no começo
Vai te trazer conseqüências, você paga o preço
Por isso vigia o tempo todo, de noite e de dia
Para não ser pego lodo escuro que eu já conheço
Pra trazer à tona o meu sentimento mais profundo
Para resistir ao mundo arranquei o primeiro prego
Levante contra mim o seu exército
Que eu não me entrego
Pra você eu sou louco
Para mim você é cego
O caminho que escolhi é o estreito
Me apontaram, me julgaram
Mas não viram seus próprios defeitos
Sinto no meu peito
Que conspiram, mas são cegos e não viram
Que sou protegido mesmo à noite quando me deito
Viver em verdade, eu tenho a vida aberta
Nada do que eu fui dá saudade
Errando a gente acerta
O mundo me ataca como um mar em ressaca
Mas eu agüento
Quem é forte por fora
É dez vezes mais por dentro
Estreito
O caminho que escolhi é o estreito
Ao meu lado eu tenho Deus
O meu trabalho, o que foi feito está feito
Ser liberto ou entregue
Diz que rumo você segue
Eu vou em frente independente
Do mar que eu navegue
Numa rocha eu me ponho de pé
E venha o que vier, nada abala um homem
Quando ele se firma na fé
Mundo à beira do caos
A maldição de homens maus
Não é nada perante a verdade
Como ela é
            (Rodox)

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Fora do normal

Hoje é sexta-feira e você não irá me buscar na escola.
 Não vou te ver.
Farei o que me faz sofrer.

Hoje é sexta-feira e faz uma semana, com cara de um ano, que nos distanciamos.

Que eu comecei minha semana de chororô, de pranto.
Uma semana que pudemos ver o quanto nos amamos.

Será que ainda demora pra você voltar?

Será meu amor, que isso tudo um dia irá acabar?

Não, não quero uma declaração, apenas poesia sem precisão.

Eu quero o amor, a dedicação!

Quero um futuro de romance.

Sem ter que me preocupar com cada cartaz, cada olhar, cada risco, cada nuance.






Questão de significado

Branco



" O mais branco não é aquele que nunca se sujou, mas aquele que mais se lavou"









quinta-feira, 22 de abril de 2010

Filhos

Quero ter filhos, um monte*.
Deve ser a melhor coisa, poder amar e educar um "serzinho" gerado pelo amor de duas pessoas.
Fico indignada quando vejo pessoas, principalmente os próprios pais maltratando uma criança, que é o que há de mais belo nesse mundo.
Quero ser mãe!
Serei uma ótima mãe.
Alguns me acham sonhadora; utópica.
Não, eu não sou.
Apenas acredito no amor, acredito e confio em Deus.
Tenho pena...Pobre daqueles que não acreditam que a vida pode ser bela.


*obs: um monte significa no máximo três, rsrsrs.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Estudo aponta que metade dos pastores evangélicos nunca leu toda a Bíblia


Cerca de 50,68% dos pastores e líderes nunca leram a Bíblia Sagrada por inteira pelo menos uma vez. O resultado é fruto de uma pesquisa feita pelo atual editor e jornalista da Abba Press & Sociedade Bíblica Ibero-Americana Oswaldo Paião, com 1255 entrevistados de diversas denominações, sendo que 835 participaram de um painel de aprofundamento. O motivo é a falta de tempo, apontaram os entrevistados.
Oswaldo conta que a pesquisa se deu através de uma amostragem confiável e que foi delimitada. Segundo ele a falta de tempo e ênfase na pregação expositiva são os principais impedimentos. “A falta de uma disciplina pessoal para determinar uma leitura sistemática, reflexiva e contínua das escrituras sagradas e pressão por parte do povo, que hoje em dia cobra por respostas rápidas, positivas e soluções instantâneas para problemas urgentes, sobretudo os ligados a finanças, saúde e vida sentimental”, enumera Oswaldo.
A maioria dos pastores corre o dia todo para resolver os problemas práticos e urgentes dos membros de suas igrejas e os pessoais. Outros precisam complementar a renda familiar e acaba tendo outra atividade, fora a agenda lotada de compromisso. Os pastores da atualidade, em geral, segundo Paião, são mais temáticos, superficiais, carregam na retórica, usam (conscientemente ou não) elementos da neurolinguística, motivação coletiva, força do pensamento positivo e outras muletas didáticas e psicológicas. Oswaldo arrisca dizer que muitos "pastores precisam rever seus conceitos teológicos e eclesiológicos, sem falar de ética e moral, simplesmente ao ler com atenção e reflexão os livros de Romanos, Hebreus e Gálatas. E antes de ficarem tocando Shofar e criando misticismo, deveriam ler a Torá com toda a atenção, reverência e senso crítico".
Fonte: [ Imbituba Gospel ]
Via: [ Eleitos de Deus ]

segunda-feira, 19 de abril de 2010

O meu desejo

As lutas não querem mais parar.
A dor do meu peito é de arrasar.
Bate forte dá vontade de chorar,
Não tenho mais forças para orar,
Não sei se devo caminhar, bate um desespero
Não sei se vou aguentar.
Meu Deus, dá-me forças pra levar a minha cruz
Meu desejo é morar no céu de luz,
Onde não haverá dor.
Meu Deus, dá-me forças pra levar a minha cruz
Meu desejo é morar no céu de luz,
Bem juntinhos do senhor.
Tenho por certo que as aflições
Deste tempo presente não dá
Pra comparar com a glória que Deus,
Deus tem pra me dar
Ainda que falte forças para orar,
Sei que Deus me ajuda a caminhar
É só um tempo é um momento

Composição: Ivam lima

sábado, 17 de abril de 2010

403

Eu perdi

Essa noite perdi meu sono;
Recebi uma ligação.
Essa noite perdi vitórias;
Recebi a decepção.
Essa noite perdi o meu amor;
Recebi a depressão.

Essa noite perdi o sono;
E o pior, perdi o meu sonho.
(Naylla Garcia)

Renovar

E se você observar o mar
Vai ver que a vida é mutante como a cidade
Ninguém pode nos rotular
Perder, ganhar, deixar rolar
Intensidade agora em algo novo
A vida tem que se renovar

Então dorme anjo, não vale a pena preocupar-se por tão pouco
O universo inteiro conspira a seu favor...

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Abaixo o Vestibular

A universidade deve pintar-se
de negro, mulato, operário e camponês!
A educação é um direito, pois todo estudante
conclama a sua vez!
Ou o povo invadirá e pintará
com as cores que quiser!
Por vagas iguais a todos!
Essa é a bandeira onde ela estiver!
LIVRE ACESSO À EDUCAÇÃO,
LUTAR PARA GANHAR!
A PALAVRA DE ORDEM É
ABAIXO O VESTIBULAR! 
No conhecer há um latifúndio,
com cercas lucrativas que juntos vamos romper!
E quem não paga é excluído,
por que pro empresário sem dinheiro não tem vez!
Sustentamos uma máfia de cursinhos,
diga não a esse funil!
Pois nossa luta pelo livre acesso
cresce em todo Brasil!

A prova que não prova

Tenho que estudar
Pra eu poder passar
No vestibular
Que é pra provar pra todo mundo
Que eu sou capaz, que eu aprendi mais
E que supostamente eu sou mais inteligente
que você
Eu acho tudo isso superficial
Mas ta na hora acabou o colegial
Aos 17 não se sabe o que quer
Sou obrigada a fazer o que quiser..
                (K-Noks)

rsrs...

Essa natureza...

     Nuvem de cinzas expelida por um vulcão na Islândia no dia 14/04 (ontem).

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Geração cópia e cola

Ah, como eu gostaria de olhar para os meus colegas de classe e ver em seus olhos a mesma indignação que eu tenho quando vejo que querem nos "empurrar guela abaixo" uma proposta pedagógia completamente sem proposta (leia-se propósito).
Onde o Governo de São Paulo com o seu magnífico "Caderno do Aluno"  empurra professores sem vontade de dar aula e limita aqueles de extremo potencial. Além de dar como matéria para um 3º ano do Ensino Médio o tema, provérbios....."Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura". E quando eu digo ao professor : "Eu quero é matéria de vestibular!", ainda tenho que escutar "Não posso te dar outra coisa essa é a proposta do Governo".
Nessas horas viro pra classe e digo: "Vamos lá, conversar com os diretores, coordenadores, fazer alguma coisa, é o nosso ano de vestibular!!!" Mas o retorno que tenho é deprimente, debocham da minha cara e é frustrante, não para mim, mas o para o bem comum. E de repente paro e me questiono, 11 anos de escola e pra que se durante três apenas me enrolaram? O Governo não quer de forma alguma que você cresça, seja um empreendedor, um pesquisador, um revolucionário, ele quer você assalariado, você manipulado.
É revoltante, é decepcionate, essa geração manipulada, a geração do Ctrl+C e Ctrl+V.

Ah, como eu gostaria de olhar para os meus colegas de classe e vê-los cantando:"Vamos fazer nosso dever de casa / E aí então vocês vão ver / Suas crianças derrubando reis / Fazer comédia no cinema com as suas leis"



A música de hoje:

Geração Coca-Cola
Quando nascemos fomos programados
A receber o que vocês
Nos empurraram com os enlatados
Dos U.S.A., de nove as seis.
Desde pequenos nós comemos lixo
Comercial e industrial
Mas agora chegou nossa vez
Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês
Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola
Depois de 20 anos na escola
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo
Não é assim que tem que ser
Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis
Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola

Uma boa resposta

-Você é evangélico?
- Não. Só frequento.
- Que igreja?
- CCV ( Comunidade Cristã de Vinhedo).
- Mas, porque só frequenta (como assim não é evangélico) ?
- Ah, pra ser ainda tenho que largar um monte de coisa.



evangélico
adj.
1. Do Evangelho; conforme manda o Evangelho; que segue a lei de Cristo.
2. Protestante (em oposição a católico romano).




Portanto, foi uma boa resposta que me deram.
Acho que preciso abrir o Evangelho e me tornar uma evangélica.

Atualmente.... Seria assim?

terça-feira, 6 de abril de 2010

POR QUE EVA COMEU A FRUTA ?


 ( Só para descontrair um pouquinho)

Não foi assim facinho não!!
No início, Eva não queria comer a fruta.
- Come - disse a serpente astuta! - e serás como os anjos!
- Não - respondeu Eva. Virando a cara para o lado!
- Terás o conhecimento do Bem e do Mal - insistiu a víbora.
- Cruzou os braços, olhou bem na cara da serpente e respondeu firme: Não!
- Serás imortal.
- Não! Já disse!
- Serás como Deus!
- NÃO, e NÃO! Já disse que NÃO!
Irritadíssima, quase enfiando a fruta goela abaixo, a serpente já estava desesperada e não sabia mais o que fazer para que aquela mulher, de princípios tão rígidos e personalidade tão forte comesse a fruta. Até que teve uma idéia, já que nenhum dos argumentos haviam funcionado....
Ofereceu novamente a fruta e disse com um sorrisinho maroto:
- Come, boba!!! EMAGRECE!!!!
*Foi tiro e queda!!!! *

sexta-feira, 26 de março de 2010

E agora, o que é o preconceito?

Ultimamente, tem-se usado muito o termo preconceito, porém este uso tornou-se praticamente indiscriminado, caindo nas graças do senso comum. Há quem entenda tudo como preconceito; discordar passou a ser preconceito, como mostra o projeto de lei contra homofobia (PLC 122), também chamado de mordaça ou ditadura gay.
Esse projeto mostra claramente a confusão feita entre dois verbetes distintos: crítica e preconceito. Enquanto este é uma concepção imediata, sem fundamento ou argumentos críticos, culminando, geralmente, em intolerância; a primeira parte de uma análise minuciosa e é fundamentada em juízos de valor e, portanto, em argumentos.
Dessa forma, a crítica é algo que deve ser incentivado, já que é fundamental para a formação de opiniões e, consequentemente, do caráter de cada um. Tanto isto é verdade, que a própria Constituição Brasileira faz apologia à crítica, garantindo o direito à liberdade de expressão intelectual, artística e científica.
Portanto, seria uma tremenda contradição que na mesma constituição exista uma lei proibindo a crítica e condenando opiniões, o que, certamente, acontecerá se a lei contra homofobia for aprovada, já que esta não simplesmente estipula punições aos preconceituosos - o que é algo bem justo - mas principalmente transforma toda opinião contrária à homossexualidade em homofobia e em um crime.
E, então, percebe-se mais uma diferença gritante entre preconceito e crítica: quem critica critica ideias, atitudes; já o preconceito é direcionado a pessoas ou a grupos minoritários de pessoas: perseguir e agredir um gay é bem diferente de escrever um artigo condenando a homossexualidade ou de um padre ou pastor falar contra a homossexualidade na igreja, fundamentando-se na Bíblia.
Outra diferença relevante entre esses dois termos é o fato de a crítica ser, teoricamente, construtiva, ou seja, geralmente, quem critica tem o intuito de ajudar as outras pessoas a enxergarem o que considera-se certo. Já o preconceito é sempre destrutivo e, portanto, merece ser punido.
Contudo, o preconceito só será vencido quando as pessoas passarem a se importar mais com o outro e a aceitar que o direito de um termina exatamente onde começa o direito do outro.

terça-feira, 23 de março de 2010

Quase sem querer

"Tenho andado distraída"....Querendo:
  • viajar
  • brincar
"Mas não sou mais
Tão criança, oh! oh!
A ponto de saber tudo..."
  • tentar
  • mudar
  • me consagrar
"E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia"
  • achar verbos para melhorar
  • evitar
  • negar
  • inovar
  • acertar
"Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê"

  • ir para longe, bem longe, muito longe...
  • me deixar levar
"eu não precisava
Provar nada pra ninguém"
  • meditar
  • pensar
  • ME ENCONTRAR
"eu não preciso
Provar nada pra ninguém"